Encontros Especiais

Tomar-curso de1958

 

Encontro comemorativo do 59º aniversário do curso dos alunos de 1958,

realizado em Fátima em 08 de Outubro de 2017 Convento de Cristo

 

Foi a 13 de Maio de 1917 que Nossa Senhora com o seu manto tecido de luz desceu sobre a azinheira na Cova de Iria e falou com três humildes pastorinhos. Estamos, pois, a celebrar o centenário das aparições de Fátima. Por essa razão marcámos o nosso encontro anual para Fátima, associando-nos aos peregrinos presentes, também nós igualmente peregrinos com o coração a transbordar de fé.

Às dez horas da manhã iniciaram-se as celebrações com a recitação do terço na Capelinha das Aparições, com o recinto do Santuário repleto de peregrinos.

Seguiu-se a procissão com Nossa Senhora da Capelinha para o altar do recinto e a celebração da Santa Missa, na qual também concelebraram o Padre Domingos Carvalho, nosso primeiro Reitor em Tomar em 1958 e o nosso colega Padre Augusto Farias, o único a ser escolhido dos setenta e três que iniciaram o curso no longínquo ano de 1958.

Comovente a fé dos peregrinos presentes, assim como os milhares de lenços brancos a acenarem a Nossa Senhora, tanto da capelinha para o altar como no fim na procissão do adeus.

Comovido, lembrei-me das palavras de São Francisco e Santa Jacinta que admiravam Nossa Senhora: “Uma Senhora tão bonita”. “Temos Mãe!”. “Uma Mãe que é a nossa fé e a nossa esperança”.

Na homília, o celebrante teceu algumas considerações sobre o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Mateus(MT 21, 33 – 43) “A parábola da vinha”. Colocou todo o enfoque na citação: “A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular”.

Pelas 13.30h reunimo-nos então no restaurante escolhido para o almoço de convívio. Aí, sim, o encontro de todos e onde alguns não susteram uma lágrima furtiva e os abraços foram muitos. Numa sala tipicamente decorada e acolhedora e com uma ementa saborosa, vivemos uma tarde ímpar, saudável e de alegre convívio com o desfolhar de mil recordações. É sem duvida um grupo único.

Aproveitando o momento, o Padre Augusto Farias, o Joaquim Sabença Barbosa das Neves, que esteve connosco pela primeira vez e o Domingos Cardoso Fernandes, dirigiram aos colegas palavras de fé, esperança, alegria… e grande emoção por mais um encontro anual.

O Padre Domingos Carvalho apagou as 59 velas do bolo de aniversário e dirigiu-nos também algumas palavras que calaram fundo em todos nós. Os seus noventa e três anos, a sua forma de ser e estar e o exemplo de vida que nos tem dado é por todos nós muito querido e estimado.

Saboreando uma fatia do delicioso bolo acompanhada por um cálice de vinho do Porto, brindámos num abraço que nos uniu a todos.

Em 14 de Outubro de 2018 (segundo Domingo de Outubro) celebraremos o nosso 60º aniversário do inicio do curso. Por isso voltaremos à casa mãe, Convento de Cristo – Tomar.

Na hora da partida, com o sol quase a esconder-se, havia muito caminho de regresso a percorrer pela maioria, os abraços de despedida redobraram de intensidade, sem antes posarmos para a foto de grupo evocativa do encontro e para memória futura. Estivemos em festa todo o dia.

Partimos com o coração quente, desejosos que o tempo parasse e o convívio tivesse continuado. Estamos contudo em viagem e cada um tem de continuar a percorrer o seu caminho. Fotos do Encontro.

a) Domingos Cardoso Fernandes

 

 


 

 

 

Tomar, 60 anos Depois

 

Foi com este anúncio que o Santos Ponciano comunicava a publicação de um vídeo feito pelo armista, António dos Santos Ramos, no Youtube.

 

"Queridos Companheiros desde 2 de Outubro de 1957.

Acabei de carregar no youtube o vídeo do nosso encontro no passado dia 5 em Tomar.

Usei os emails que escreveram na folha que circulou. Só pode ver quem estiver inscrito na lista da partilha.

Devem procurar #tomar 60 anos; #arm tomar 60 anos; #convento de cristo 1957;

O vídeo é longo. Mas entre o fazer cortes e deixá-lo grandinho preferi esta última hipótese. Quem não estiver com paciência para o ver todo de uma vez sempre pode vê-lo aos bocadinhos.

Aqui não "Precisam de introduzir o vosso email para terem acesso. Espero que as coisas corram bem e que o consigam ver.

Um forte abraço para todos."

a) Santos Ponciano


 

 

Sobre este encontro diz Domingos de Quina:

Cumprindo a proposta feita em 2012 quando celebrávamos o 55º aniversário da nossa entrada no seminário de Tomar, o grupo de alunos que em 1957 iniciara o seu curso de seminaristas voltou a congregar a 5 de Outubro passado no Convento de Cristo de Tomar um grande número desses sobreviventes para com “pompa e circunstância” celebrar “in situ” o sessentenário desse notável acontecimento.

Não foi tarefa fácil localizar cada um desses privilegiados, mas com persistência e determinação conseguiu-se obter a confirmação de sessenta participantes para a desejada celebração.

Infelizmente por motivos de força maior e imprevistos (nestas idades os problemas de saúde e familiares são cada vez mais uma realidade!…), uma dúzia de participantes confirmados não puderam comparecer, (mas comprometeram-se desde já a marcar presença na hipotética próxima reunião).

Assim os 48 “fiéis” foram sucessivamente aparecendo em frente à charola e daí, após os fortes abraços e intercâmbios da natural saudade, fomos deambulando pelos corredores e claustros até à nossa antiga capela.

Aí o nosso maestro Pisco da Cruz apoiado pelo Laureano, notável vocalista do famoso conjunto “Boa Nova”, e do Lemos, solista do Coro Stella Vitae, secundados pelos antigos membros da “Schola Cantorum” e da “Terceira” desenvolviam com profissionalismo o respectivo ensaio para a missa solene que ia ser presidida pelo Senhor P. Domingos Carvalho, nosso inesquecível Reitor do 2º ano, concelebrada pelo Senhor P. Manuel Marques ordenado em 1957, e acolitada pelo nosso diácono permanente Silva Pereira.

Na oração dos fiéis desta melodiosa missa tivemos a oportunidade de agradecer e rezar nomeadamente pelos 17 superiores e professores que nos acolheram e formaram durante a nossa vida de seminaristas e que Deus já chamou para Si.

Igualmente recordamos e rezamos pelos nossos 6 colegas que também já partiram para a casa do Pai.

Seguiu-se depois o magnífico e convivial almoço servido no local que nos servira como sala de estudo no 2º ano, em 1958. Aí deu-se livre curso ao convívio e às inesquecíveis recordações e saudades, pautadas repetidamente pelas nossas famosas canções e melodias que a todos nos fizeram vibrar e reviver tempos memoráveis.

Depois de agradecer a presença de todos e recordar os numerosos e extraordinários acontecimentos vividos no ano de 1957, lembramos a excepcional importância desse ano para a Sociedade Missionária:

Nele foram ordenados 9 padres (o maior número de sempre), foi ordenado o 1º Bispo da Sociedade, e a 2 de Outubro entravam em Tomar 93 seminaristas, o maior grupo de sempre!

Infelizmente a produtividade real desse numeroso grupo foi-se reduzindo de modo acelerado:

No 3º ano, em Cernache estavam apenas cerca de 40. No 6º ano, em Cucujães, restavam 20. A teologia chegaram 9. Terminamos o curso 6, sendo ordenados 4. Consola-nos saber que o ano produziu muitos e bons ex-seminaristas e …númerosos membros da ARM!

Após o forte abraço final, partimos mais felizes, com o desejo e promessa dum próximo encontro.

 

 

 


 

 

 

 

Valadares, 9 de Outubro de 2016

Curso de 1958 - Convento de Cristo - Tomar

Fotos do Encontro

 

Encontro comemorativo do 58º aniversário do curso dos alunos de 1958, realizado no Seminário da Sociedade Missionária da Boa Nova de Valadares em 9 de Outubro de 2016.

Ao raiar da aurora já muitos de nós nos tínhamos feito à estrada rumo ao Seminário de Valadares. Estava uma manhã primaveril apesar do Outono já ter chegado.

Junto ao átrio fronteiriço à entrada do Seminário de Valadares foi comovente e digno de registo vivenciar os fortes abraços, o sorriso aberto, a alegria do reencontro dos ex-alunos acompanhados pelas suas esposas, para mais um dia de convívio, de desfolhar de mil recordações
.
O Padre Augusto Farias guiou-nos numa breve visita às instalações do Seminário inaugurado na década de 60, mas a precisar de obras e um novo redimensionamento e adequação à realidade que hoje vivemos.

A Santa Missa foi concelebrada pelo Padre Domingos Carvalho, nosso 1º reitor em Tomar em 1958, Padre Augusto Farias, nosso colega e único a ser escolhido para a seara do Senhor e o diácono Constantino. Na sua homilia o Padre Domingos colocou todo o enfoque na palavra "Gratidão". "" Evangelho(Lc 17,11-19).

A seguir à foto de família, o almoço de convívio foi confeccionado e servido no refeitório do Seminário. O nosso colega Fernando Machado teceu algumas considerações sobre a palavra"Amizade"frisando que a sua vivência enobrece quem a vive com sinceridade.

O autor destas linhas, recordou quem éramos há 58 anos, como foram os nossos tempos de Seminário,  em que mundo vivíamos. Hoje, o mundo é outro. Deixámos de ser apenas Portugueses, Beirões ou Transmontanos, para sermos cidadãos do Mundo. "Sócrates, séc.v a.c.". Hoje somos pais e avós. Os avós ajudam os pais, cansados ou demasiado ocupados e cuidam dos netos. Ter alguma idade não representa velhice ou inutilidade, pelo contrário é sinónimo de experiência, de disponibilidade, sabedoria. (parafraseando Pedro Strecht).

O nosso Presidente Sr. Fernando Silva deu algumas informações sobre as actividades da ARM, nomeadamente sobre o projecto vigente em Moçambique "Um sorriso para ti". Cantados os parabéns a você, apagou as 58 velas o Padre Domingos Carvalho, nosso amigo, guia e conselheiro, com a autoridade, vivência e sabedoria que lhe conferem os seus noventa e dois anos.

Com um pedaço de bolo numa mão e um cálice de vinho do Porto na outra, o Padre Farias brindou connosco, desejando a todos muita saúde e que cada um continuasse a percorrer o seu caminho, sem esquecer as suas raízes, escrevendo a sua história para memória futura.
A romagem à gruta de Nossa Senhora constituiu um ponto alto do encontro, em que cada um segredou à Virgem o que o seu coração ditou .O sol ia alto e havia muito caminho de regresso para percorrer pela maioria. Aquele grande abraço de despedida e até 8 de Outubro de 2017, em Fátima.

Um grande abraço para todos
a)Domingos Cardoso Fernandes

 


 

 

CUCUJÃES 11 de Outubro de 2015

Curso de 1958 - Convento de Cristo - Tomar


Encontro comemorativo do 57° aniversário do curso dos alunos de 1958, realizado no Seminário da Sociedade Missionária da Boa Nova - Cucujães - em 11 de outubro de 2015.

Foi um fim de semana de outono muito chuvoso que deu as boas vindas aos antigos alunos do curso de 1958 que compareceram em grande número acompanhados pelas esposas. O Presidente da ARM honrou-nos com a sua presença. É sempre comovente vivenciar os fortes abraços, o sorriso aberto, a alegria do reencontro, daqueles que mais uma vez se reuniram para um dia de convívio, de desfolhar de mil recordações.
A Dra Eva Dias, doutorada em História da Arte Portuguesa, acompanhou-nos numa viagem histórica iniciada em 1139, quando foi erigido o mosteiro beneditino de São Martinho do Couto de Cucujães, com paragens obrigatórias no Claustro, na Sacristia, na Igreja, no Batistério e outras instalações do Seminário.
A Santa missa foi celebrada na capela do Seminário pelo padre Domingos Carvalho. O almoço, confeccionado por um restaurante de Cucujães, foi servido no refeitório do Seminário e constituiu um ponto alto de são convívio entre os antigos alunos e alguns seus formadores ali residentes. Apagou as 57 velas o padre Domingos Carvalho e fez o brinde o nosso colega padre Augusto Farias.
A visita ao lar de Santa Teresinha, anexo ao Seminário, permitiu rever um ou outro antigo formador e levar uma palavra de conforto e esperança àqueles que ali residem. A chuva não permitiu a romagem ao cemitério e a visita à gruta. A hora da despedida acordou-nos para a realidade. Estávamos em viagem. Cada um tinha de continuar a percorrer o seu caminho. Até 9 de outubro de 2016 no Seminário de Valadares. Vejam as fotos possíveis.

a) Domingos Cardoso Fernandes

 

 


 

 

Tomar 12 de Outubro de 2014

Encontro dos Alunos de 1958

 

Mais uma vez, no passado dia 12 de Outubro de 2014, um grupo de Armistas, entrados em Tomar em 1958, levaram por diante o seu encontro de saudade no Convento de Cristo em Tomar, tendo como convidado especial o ex-reitor, Padre Domingos Carvalho.

Houve visita ao convento, celebração Eucarística na igreja de Santa Maria dos Olivais (fora da cidade de Tomar) e almoço num restaurante da cidade. E acima de tudo houve convívio e festa, conforme podem ver através das fotos que o Armindo Henriques nos enviou para esta reportagem.

O Luís Cardoso R. Fernandes fez outra reportagem, que colocou no One Drive,convidando todos vós a fazer uma visita.

Sobre este encontro escreveu o representante da Direcção da ARM, Manuel Jorge Pereira de Carvalho:

"A concentração foi na entrada do lado da “Charola”, no convento de Cristo, pelas 10 horas do dia 12 de Outubro de 2014. Seguiu-se uma breve visita a algumas partes mais marcantes para o grupo. Na camarata do 2.º ano, foi apresentada uma conferência pelo prof. Luís Graça, alusiva às vicissitudes do convento, sobretudo desde 1834 até 1927, altura que marcou o advento da Sociedade das Missões.

Pelas 12,30 horas, foi celebrada a missa de acção de graças pelo padre Domingos Carvalho (reitor do seminário de Tomar em 1958), na igreja de Santa Maria dos Olivais, por impossibilidade de utilização da antiga capela. O padre Domingos, com a sua lucidez peculiar, proferiu uma calorosa homília.

Tirou-se a tradicional fotografia nas escadas exteriores da Igreja de Santa Maria dos Olivais, junto à torre sineira, onde o grupo constituído por 43 elementos pousou.

O lauto almoço decorreu no restaurante Lúria. No final, após as palavras do armistaDomingos Cardoso Fernandes, organizador do evento, partiu-se o bolo de aniversário. No brinde, o representante da direcção da ARM leu a acta da reunião com o novo superior geral SMBN, colocando o enfoque nas 3 áreas de acção da associação. Fruto disto, o Rui Escudeiro  prontificou-se a fazer um estudo sobre a viabilidade agrícola do Seminário de Cernache do Bonjardim, desde que o solicitem, pois tem alguma afinidade com o Padre Amadeu.

Antes da despedida, pelas 17 horas, foi posta à votação o local de encontro do próximo ano. Foi escolhido o seminário de Cucujães para a reunião do grupo de 58".



 

 

 

Tomar 13 de Outubro de 2013

Encontro dos Alunos de 1958

Em 13 de Outubro de 2013, de novo se juntou um grupo de Armistas, para comemorar o seu 55.º Aniversário da entrada no Seminário das Missões, no  Convento de Cristo em Tomar, onde durante 70 anos foram acolhidos alunos (desde 1921 a 1991, ano em que foi entregue ao Governo Português).

 

 

 




 

 


Cernache do Bonjardim, 6 de Outubro de 2013


Encontro dos Alunos de 1961


Para comemorar o seu 50.º Aniversário da Entrada no Seminário das Missões de Cernache do Bonjardim, um bom grupo de Armistas do Curso de 1961 reuniu-se  no passado dia 6 de Outubro de 2013.

O José Campinho, um dos repórteres de serviço, apresenta em vídeo umas fotografias que testemunham esse encontro muito especial.




TOMAR, 7 de Outubro de 2012

Encontro dos Alunos de 1957


Mais uma vez, a 7 de Outubro de 2012, este grupo de colegas materializaram o seu encontro no Convento de Cristo (ex-seminário da Sociedade Missionária Portuguesa). Pelo facto da antiga capela não estar disponível, a celebração Eucarística foi celebrada e presidida pelo Senhor Padre Frazão na cozinha do convento. Num ambiente pouco iluminado e, porque não dizê-lo, um pouco impróprio, foi  por analogia aos tempos bíblicos, chamado com humor pelo Padre Frazão "O Cenáculo".
Seguiu-se o almoço e confraternização. Muitas fotos foram tiradas, que poderão ver e assim recordar esses belos momentos.





Cernache do Bonjardim, 14 de Outubro de 2012


Encontro dos Alunos de 1958


Um bom número de antigos alunos reuniu-se no dia 14 de Outubro de 2012 no Seminário de Cernache do Bonjardim da Sociedade Missionária da Boa Nova para comemorar o seu 54.º Aniversário. Pela reportagem fotográfica, que nos foi facultada, podemos ver que houve Celebração Eucarística, Presidida pelo Senhor Padre Domingos Carvalho, visita à Gruta de Nossa Senhora e ainda uma visita especial à Biblioteca do Seminário e aos Laboratórios de Física e Química. O Almoço convívio teve lugar no restaurante " O Regional ", na Sertã.
A reportagem que se segue tem fotos de Armindo Henriques e Luís Cardoso Fernandes - É sempre bom recordar






Cernache do Bonjardim, Outubro de 2011


Encontro dos Alunos de 1958


Para recordar o Armista, Luís Fernandes apresenta um vídeo por si realizado, referente a esta festa-convívio, realizada no Seminário de Cernache do Bonjardim. - Picar





Tomar no dia 16 de Outubro de 2011


Encontro dos alunos de 1961


Para recordar este encontro vejam o Vídeo preparado por José Campinho:
Tomar 50 anos depois - Picar para ver




ANGOLA - VIANA


Abril de 2011 - 2.º Encontro realizado no Posto Médico das irmãs Salésias, na Paróquia de N.ª Sr.ª da
Boa Nova – Km 12 em Viana, recebemos as fotos que se seguem:

Padre Farias na sua intervenção


Alimentar o corpo é preciso


Padre António Pereira no pormenor


A alegria do encontro


Grupo participante no Segundo Encontro da ARM


Padre Farias em diálogo

Outubro de 2010 - Primeiro Encontro da ARM, em Viana - Angola

31-10-2010 - Grupo do Primeiro encontro da ARM, em Viana
Encontro dos Alunos de 1958

Realizou-se no dia 10 de Outubro de 2010 no Seminário da SMBN,  em Cernache do Bonjardim, o encontro dos Alunos de 1958. Não nos foram facultadas quaisquer fotografias.
Homenagem ao Padre Jerónimo - Lisboa

A ARM,(residentes em Lisboa e arredores), levou a efeito uma homenagem ao Senhor Padre Jerónimo em 14 de Dezembro de 2009, antes da sua partida para Moçambique. Para testemunhar o evento colocamos ao vosso dispor algumas fotografias, que poderão ver - Aqui

Encontro dos Alunos de 1959

Tomar - Outubro 2009. - Picar para ver

Encontro dos Alunos de 1958

Tomar - Outubro 2009. - Picar para ver
 
 

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

 
 
 
 
Share