Notícias-2015

20152015

 

P. Firmino Augusto João

Irmãos em Cristo, O senhor P. Firmino Augusto João, 87 anos, faleceu esta manhã, 16-12-2016, no Hospital de S. Sebastião, de Santa Maria da Feira, depois de longo internamento. Chegou a ser operado à Vesícula, e foi-lhe colocada um prótese para substitutir as vias biliares danificadas, mas os médicos não conseguiram retirar o tumor que já tinha atingido outros órgãos. Ele sabia dessa situação e deu um sentido missionário ao sofrimento que o atingia, apesar dos cuidados paliativos dados pelo Hospital.Passou a maior parte da vida no Chibuto e nunca o esqueceu.

O funeral será em Cucujães, amanhã, dia 17, às 14,30 em Cucujães.
Rezamos por ele e pela família. Que Deus seja a nossa força e nos dê os missionários que continuem esta luta pelo Reino.

a) Jerónimo Nunes

 

 


 

 

Ordenações Diaconais - SMBN

 

 

No dia 8 de Dezembro de 2015, Solenidade da Imaculada Conceição(Padroeira de Portugal, de Moçambique e da Sociedade Missionária da Boa Nova), realizou-se, pelas 16:00h, no Seminário de Valadares, a missa de ordenação diaconal do membro da SMBN Hipólito Maria André Julião Vida. O Bispo ordenante foi D. António José da Rocha Couto, Bispo da Diocese de Lamego e membro da SMBN.

 

Também no mesmo dia e à mesma hora na Sé do Porto, foram ordenados por D. António Francisco, sete novos Diáconos Permanentes , entre os quais o armista Afonso Marcolino Andrade, natural de Gulpilhares, Vila Nova Gaia.

 

Poderão ver aqui as fotos que nos foram facultadas, através dos Links:

 

1 - Hipólito Maria André Julião Vida, Moçambique

2 - Afonso Marcolino AndradeGulpilhares - VNG

 

Pela Direcção,

a) Sérgio Cabral

 


 

2015 - Cernache do Bonjardim - Encontro Regional


 

 

 

No dia 8 de Dezembro de 2015, no Seminário de Cernache do Bonjardim celebrou-se a festa da Imaculada Conceição. Aproveitando a efeméride a ARM realizou o seu Encontro Regional. tendo-se ali reunido muitos Armistas, celebrando a Padroeira da Sociedade Missionária. Ver + com reportagem.

 

 

 

 

 


 

por Padre Anselmo Borges

1 Em vésperas de se iniciar um doutoramento em Estudos Feministas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, numa entrevista um jovem jornalista perguntou-me: "Qual é, no seu entender, a mulher mais poderosa de Portugal?" E eu, espontaneamente: "Estou convencido de que a mulher mais poderosa em Portugal é Nossa Senhora." E lembrei-me concretamente de Fátima.

O que se passa é que quando falamos em poder vem-nos à mente o poder político, económico, militar... Mas há outros tipos de poder e influência. Pergunto: o que seria a Igreja em Portugal sem Fátima? E a influência de Fátima na política, sobretudo pela via da reconciliação, da pacificação de si mesma consigo e com os outros? Quem não se lembra da tristeza e angústia de tantos, por exemplo, durante a Guerra Colonial? E era em Fátima que as mães iam desabafar. Como é lá que os portugueses vão desabafar nestes tempos medonhos de crise. Pertence a Frei Bento Domingues a definição inultrapassável de Fátima: "É o cais de todas as lágrimas dos portugueses."

Claro que é preciso evangelizar Fátima. Estou convencido de que se deve, por exemplo, apresentar contas. E o Deus de Jesus não precisa nem quer que as pessoas se arrastem de joelhos. Mas na sua dor e aflições as pessoas vão aonde julgam poder encontrar socorro. Quem se atreveria a ridicularizar? Quem não se comove? Perante o sofrimento, é preciso curvar-se com respeito e fazer algo.

2 Agora, é a famosa revista National Geographic, com 6,5 milhões de assinantes e que se não pode considerar propriamente "gentil" com a Igreja Católica, que vem enaltecer Nossa Senhora. A capa da sua edição americana de Dezembro traz uma bela imagem de Maria e titula precisamente: "Mary, the most powerful woman in the world" ("Maria, a mulher mais poderosa do mundo"). Para justificar a afirmação, há um longo artigo da escritora e jornalista Maureen Orth. Ela percorreu grandes santuários de peregrinação, em várias partes do mundo: Lourdes ("seis milhões de visitantes a cada ano"); Medjugorje, na Bósnia e Herzegovina, 30 milhões de peregrinos durante as últimas três décadas; Fátima; Kibeho, no Ruanda; Czestochowa, na Polónia; Nossa Senhora de Guadalupe, que faz parte da identidade do México; Knock, na Irlanda; Aparecida, no Brasil.Estes santuários atraem milhões de peregrinos a cada ano, apoiando "o turismo religioso, estimado em milhares de milhões de dólares". Maria inspirou a criação de grandes obras de arte na escultura e arquitectura (a Pietà, de Miguel Ângelo, Notre-Dame de Paris), na pintura, na poesia, na música. Só a biblioteca da Universidade de Dayton tem mais de cem mil volumes sobre Maria. "Ela é a confidente espiritual de milhares de milhões de pessoas, independentemente de estarem isoladas ou esquecidas."

Maureen Orth ficou impressionada com a devoção a Maria, mãe de Jesus, por parte dos muçulmanos. É a única mulher que dá o seu nome a uma sura (capítulo) do Alcorão: sura 19. Foi escolhida por Deus "acima de todas as outras mulheres do mundo". "Maria é a mais pura de todas as mulheres do universo", diz Bakr Zaki Awad, decano da Faculdade de Teologia na Universidade Al-Azhar, no Cairo. Maureen Orth falou com muçulmanos que, por causa da sua reverência com a Virgem Maria, não têm "qualquer pejo em visitar igrejas cristãs e rezar-lhe tanto na igreja como na mesquita".

Conclui. "A invocação da intercessão de Maria e a devoção por ela são um fenómeno global. A ideia de Maria como intercessora começa com o milagre do vinho nas bodas de Caná. Foi em 431, no terceiro Concílio Ecuménico, em Éfeso, que foi chamada Theotokos, Mãe de Deus. Desde então nenhuma outra mulher foi tão enaltecida como Maria. Como um símbolo universal de amor maternal, bem como de sofrimento e sacrifício, Maria é muitas vezes a pedra-de-toque da nossa ânsia de sentido, uma ligação mais acessível ao sobrenatural do que as doutrinas formais da Igreja. O seu manto oferece ao mesmo tempo segurança e protecção." Quando perguntaram ao Papa Francisco, que não é beato nem cobarde, o que significava Maria para ele, respondeu: "Ela é a minha mamã"."

3 A quem estiver habituado a associar a devoção a Nossa Senhora só à beatice, lembro o hino revolucionário que o Evangelho de São Lucas colocou na sua boca, o Magnificat: "A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador. Porque pôs os olhos na humildade da sua serva. De hoje em diante, me chamarão bem-aventurada todas as gerações. O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas. Santo é o seu nome. A sua misericórdia estende-se de geração em geração. Manifestou o poder do seu braço e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes. Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias."

PS da Redacção. - Porque achei este tema tão cheio de força e muito oportuno, não fui capaz de o deixar no silêncio da gaveta. Tinha que o trazer ao conhecimento de todos os Armistas que não dispõem do DN.

 


 


 

2015 - Valadares - Encontro Regional

 

Realizou-se a 8 de Novembro de 2015, no Seminário da Boa Nova, em Valadares, o tradicional Encontro Regional da ARM. Associação Regina Mundi, dos Antigos Alunos da Sociedade Missionária da Boa Nova. A este evento, apesar de se ter feito diversos apelos, não acorreram mais do que duas dezenas de participantes.

Ler + . As fotos do encontro.

 


 

2015 - Cucujães - Encontro Regional


A Delegação Regional de Cucujães promoveu, em 25 de Outubro de 2015, um dia de encontro e convívio com todos os antigos alunos que passaram, durante algum tempo, por alguns seminários da Sociedade Missionária da Boa Nova. Marcaram presença cerca de 30 armistas e familiares.

Ler +


 


 

P.e Martinho Joaquim de Castro e Silva


"Nasceu a 11 de Novembro de 1934, em Vilar de Andorinho, Vila Nova de Gaia, Diocese do Porto. Filho de António Gomes da Silva Júnior e Genoveva da Conceição Castro.

Entrou no Seminário de Tomar a 28.9.1945. Fez juramento missionário a 8.9.1955. Foi ordenado padre em Cucujães a 3.5.1959. Foi formador em Tomar e Cernache e a 3.9. 1960 foi enviado para Moçambique, diocese de Pemba (Porto Amélia). Trabalhou nos seminários e na secretaria da diocese. Em 1960 foi chamado para a secretaria da Sociedade na Diocese de Nampula, até 1969. Regressou a Portugal a 27.2.1975. Foi nomeado secretário da revista Boa Nova, arquivista, secretário do Superior Geral e, a partir de 1992 tomou conta da Secretaria Geral da SMBN e da contabilidade.

Depois de ser operado de urgência às coronárias, recebeu mais tarde um Pace maker, muito importante para a sua tranquilidade.

Homem de Deus e todo dedicado ao serviço do Reino, zeloso e muito responsável pelo seu serviço.

No dia 24 de outubro de 2015, na nossa casa de Lisboa, tomou o pequeno almoço e sentiu-se mal. Foi atendido pelo INEM que não conseguiu fazê-lo ressuscitar para este mundo. Ás 10,30 foi reconhecido o seu falecimento. Muito sofreu nesta vida, Deus o levou para si no momento que não esperávamos. Deus o tenha.”

a) P.e Jerónimo


 

 

Seminário da Boa Nova - Valadares

Vigília Missionária


Carpetes alusiva às Línguas de Fogo no dia de PENTECOSTES

No passado dia 17 de Outubro de 2015, pelas 21.30 horas, na Igreja do Seminário, Valadares, celebrou-se uma calorosa Vigília Missionária. Presentes estiveram membros das comunidades paroquiais das freguesias  circundantes, membros das Missionárias da Boa Nova, membros da ARM e missionários de Moçambique.

No início das cerimónias, foi inaugurada uma nova carpete mural "PENTECOSTES", assim chamada por invocar os Sete Dons do Divino Espírito Santo, no dia de Pentecostes, e que serve de fundo à Igreja do Seminário. É idêntica à que lá estava há 45 anos e que se encontrava muito degradada pelo tempo. Aqui fica a imagem dessa peça decorativa.

Mais notícias sobre este assunto em Família - Nossos Seminários .

 


 

2015 - Lisboa - Encontro Regional

 

A malta de Lisboa fez festa no dia 17 de Outubro de 2015O Dia Mundial das Missões foi o dia escolhido e reuniram-se, como habitualmente, na Igreja do Santo Condestável, Campo de Ourique em Lisboa. O Almoço foi no Museu Nacional do Teatro e da Dança (Lumiar). Ver +

 

 


 

 

SALAMA-MALEMA-2015

Mensagem recebida hoje do Chibuto, enviada pela Sofia Silva via skype:


"Olá Ponciano! Ontem foi dia de música na escolinha. As crianças deliraram com os vossos cd's e aparelhagem, nem imaginam o efeito! Pusemos atividade de música todas as sextas, não podemos deixar lá a aparelhagem pois a escolinha não tem segurança... Mas havemos de conseguir fechá-la.... Beijinhos e mais uma vez obrigada por tudo! Vamos escrevendo para estarem ao corrente do nosso trabalho e das vossas ajudas! Abraço".

12 de Setembro de 2015

a) Santos Ponciano no Faceboock.

 




Um Sorriso para Ti

 

Esta viagem missionária de 2 a 20 de Agosto de 2015 da ARM e SMBN, levada a cabo pelo Grupo "SALAMA-MALEMA 2015, terminou. Muitas fotos foram registadas, das quais coligimos umas tantas que editamos em vídeo "Malema-2015". Leiam uma síntese do que se passou de Santos Ponciano e um artigo do Senhor Padre Albino..

 

 


 

 

2015 - TRÁS-OS-MONTES - ENCONTRO REGIONAL


 

Em 22 de Agosto de 2015 realizou-se  no Convento de Balsamão, freguesia de Chacim, Macedo de Cavaleiros, o Encontro Regional

de Trás-os-Montes. Deste evento leiam mais em Encontros Regionais.

 

 

 


 

António Maria Marcos

Armista, ex-irmão auxiliar, de Urrós, Mogadouro, faleceu em 27 de Julho de 2015. Contava quase 92 anos de idade. Entrou em Tomar no ano 1936. Em 1937 foi para Cucujães como aspirante a irmão leigo. Fez o juramento na SMP em 15.09.1946 e deixou a SMP em 26.06.1956.  Viveu alguns dos últimos anos no Convento de Balsamão, Macedo de Cavaleiros, onde seu filho Mário trabalhava e, nos últimos meses, continuou na companhia do mesmo no Hotel Rural dos Marcos em Bemposta, Mogadouro. Que Deus o receba em sua glória...

a) Armindo Henriques

 


 

 

Francisco Manuel da Costa Afonso

 

 

É com o mais profundo pesar que informamos que no dia 27 de Julho de 2015 faleceu,  de doença súbita, no Hospital de Vila Real o meu primo e armista Francisco Manuel da Costa Afonso, tendo-se  realizado o funeral no dia 29 pelas dez horas, na igreja velha de Aldoar, na cidade do Porto.

O Costa Afonso, como era conhecido na ARM, era natural de Carção, concelho de Vimioso. Foi um excelente obreiro da ARM e um dos seus grandes esteios, sobretudo nas fases  mais críticas da nossa associação, cuja sede chegou a ser transferida para sua casa na cidade do Porto, na grande crise  dos anos setenta, atitude que se revelaria fundamental para a própria sobrevivência da ARM.

Após o exame da antiga quarta classe entrou para o Seminário de Tomar em 1949, passou por Cernache e ainda frequentou o Seminário de Cucujães.

Depois de abandonar a Sociedade, ainda passou por Coimbra, tendo emigrado para a Alemanha antes de concluir o curso superior que se propusera tirar.

Maia, 27 de Julho de 2015

a) Francisco da Costa Andrade

 


LEIGOS DA BOA NOVA

 

Congresso comemorativo dos

20 anos dos Leigos Boa Nova


 

“Queres mudar o mundo? Então vem!”

 



No presente ano de 2015, designado pela União Europeia como Ano Europeu para o Desenvolvimento, os Leigos Boa Nova celebraram os seus 20 anos de atividade missionária.

O Congresso do 20.º aniversário dos Leigos da Boa Nova realizou-se em 30  de Maio de 2015 e teve lugar no Auditório da Biblioteca da Câmara de Santa Maria da Feira. Registou uma boa afluência de participantes, que, com as suas intervenções, deram vida e calor a este evento

Sobre as quatro dimensões propostas para "mudar o mundo" (economia social, religião, política e música) desenvolvidos pelos oradores e artistas convidados,  vale a pena ler, ver e ouvir no Portal dos Leigos da Boa Nova tudo quanto foi dito. A todos os intervenientes o nosso muito obrigado pelas suas partilhas.


 


 

D. José da Costa Nunes

Primeiro Superior Geral da Sociedade Missionária Portuguesa

SMBN

 

Em Junho de 1930, D. José da Costa Nunes foi chamado de Macau a Pequim para se encontrar com o delegado apostólico na China, Mons. Celso Constantini, que o informou de que havia sido nomeado Superior Geral da Sociedade Missionária. Estas e outras informações interessantes constam da primeira biografia de Costa Nunes, de Maria Guiomar Lima, jornalista do D.N.

Foi lançada na Universidade Católica, no dia 25 de Maio de 2015. D. Manuel Clemente e outras individualidades fizeram questão de estarem presentes. A sessão foi presidida pela Reitora da UCP-Lisboa. com apresentação da obra pelos Profs. Doutores Amadeu Gomes Araújo e António Matos Ferreira e um testemunho pessoal sobre o biografado pelo Prof. Doutor Adriano Moreira.


a)  Amadeu Gomes Araújo

 



ENCONTRO ANUAL DA ARM DE 2015

 

Realizou-se em 17 de Maio de 2015, no Seminário de Valadares.

 


Ler + Notícias em Encontros Anuais.

 


UM SORRISO PARA TI

7 de Maio de 2015

 

No âmbito do Projecto Um Sorriso para Ti”, implementado em 2009 pela ARM – Associação Regina Mundi, vamos voltar a Moçambique no dia 2 de Agosto.

Ler mais sobre este projecto em  Um Sorriso para Ti .


 


 

Padre Manuel dos Santos Neves, O Amigo, o Professor, o Companheiro,partiu no dia 19 de Abril de 2015 para a Casa do Pai, tendo-se realizado o seu funeral no dia 20 de Abril de 2015 em Cucujães.

Padre Manuel dos Santos Neves nasceu na Vila de Cucujães no dia 01 de Agosto de 1941. Entrou no nosso Seminário de Tomar em 01 de Outubro de 1952. Fez o seu Probandato em Cucujães, findo o qual fez o seu Juramento (30 de Julho de 1961).

Fez o seu Juramento Perpétuo em Cucujães, no dia 15 de Agosto de 1964. Em 10 de Junho era ordenado Presbítero pelo então Núncio Apostólico em Lisboa, no Santuário de Fátima, juntamente com outros nove Diáconos da Sociedade Missionária.

Depois de ter sido Vice-Prefeito, Prefeito e Professor nos nossos Seminários de Cucujães e Tomar, partiu para Moçambique (Diocese de Pemba) em Dezembro de 1967.

Em Julho de 1974, participou, como Delegado da Região de Pemba, na nossa 3.ª Assembleia Geral. E ficou em Portugal, sendo nomeado Prefeito e Ecónomo no Seminário Valadares, Director do Ano de Formação (1975‑1976) e Professor.

Em 14 de Outubro de 1978 partiu para o Brasil, indo para a Paróquia da Chapadinha, Diocese do Brejo (Maranhão).

Tomou parte também na 5.ª Assembleia Geral (1986), como Delegado do Brasil. Igualmente na 6.ª Assembleia Geral, onde foi eleito 3.º Assistente Geral, ficando em Portugal como responsável pela Animação Missionária e Promoção Vocacional.

Em 16 de Julho de 1995 regressou a Chapadinha. Em 1998 participou, como Delegado do Brasil, na 8.ª  Assembleia Geral, regressando à Chapadinha.

Em Janeiro de 2001 foi operado às coronárias (2 by‑pass) em São Luís (Maranhão).

Os últimos tempos já os conhecemos: a sua “via Crucis” no Hospital de Santa Maria da Feira. Depois de muitas semanas internado, regressou ao Lar de Cucujães.

No passado dia 16 de Abril voltou novamente ao hospital, com pneumonia. Esta manhã Deus-Pai “precisou” dele na Sua Casa.”

Paz à sua alma.

 

a) A Direcção

 


 

D. António Barroso

 

"No Paço Episcopal do Porto, em sessão pública do Tribunal diocesano, presidida pelo bispo D. António Francisco dos Santos, encerrou-se, na tarde do passado dia  4 de Março (de 2015), o processo relativo a um milagre atribuído à intercessão de D. António Barroso"...

Assim começa a primeira página do Boletim número 13 que poderão consultar neste link Amigos de D. António Barroso.

 

 

 



Um Sorriso para Ti

 

Recebemos em 13 de Março de 2015 uma Mensagem com notícias de Moçambique, que podem ler aqui, sobre a vossa ajuda ao projecto "Um sorriso para Ti":

 

 

 


 

Seminário das Missões Ultramarinas

de

Cernache do Bonjardim

 

Lisboa, 20 fev 2015 (Ecclesia) - O Governo classificou como monumento de interesse público o Seminário das Missões Ultramarinas, edifício que resulta da refundação do Real Colégio das Missões, fundado em 1791, em Cernache do Bonjardim (Distrito de Castelo Branco).

A portaria n.º 132/2015, publicada hoje em Diário da República, recorda que a instituição nasceu por iniciativa do príncipe D. João, futuro D. João VI, em terrenos pertencentes ao Priorado do Crato.

“Nestes mesmos terrenos ficavam os Paços de Bonjardim, pertencentes a D. Álvaro Gonçalves Pereira, prior da Ordem Militar dos Hospitalários, onde terá presumivelmente nascido, em 1360, seu filho D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável”, acrescenta a nota histórica...

OC.

Notícia veiculada pela Agência Ecclesia.

 

NOTA -  Ver Texto do Documento

 


 

 

João Ferreira da Costa


Faleceu no dia 22 de Janeiro de 2015, o nosso colega Armista, João Ferreira da Costa.

Nasceu  em Remelhe-Barcelos, em 1948 e entrou em Tomar em 1959. Tinha 66 anos de idade.

O seu funeral realizou-se no dia 23  da Igreja da Reboleira para o cemitério de Camarate. Deus o receba em Sua Glória.

a) Amadeu Gomes de Araújo

 


 

“O AMBOIM”

 

Saiu mais um número deste Boletim com data de 7 de Janeiro de 2015, onde poderão ler as actividades previstas para este  primeiro trimestre da Paróquia da Gabela, Angola.

EPIFANIA DO SENHOR

Epifania significa manifestação; aparição; revelação; religiosamente é a festa da revelação do Deus feito Homem aos povos pagãos representados nos reis Magos.

Epifania e Salvação universal. A Epifania deveria ser, para nós cristãos a maior das festas do ano. Cristo não veio só para o mundo Judeu, mas para o universo inteiro. É a manifestação do povo de Deus, limitado outrora a uma nação, que se tornou hoje um povo de todas as raças, uma Igreja Universal. No dia do Natal, Jesus Cristo apareceu no mundo e manifestou-se aos judeus, representados pelos pastores de Belém. A Epifania mostra-nos como Jesus se revela a todos os povos, desde o início da Sua vida terrena, como Rei de todas as nações. (Ler mais...)

 





 

 

José Augusto Raposo Quina



 

No dia 5 de Janeiro de 2015, com 57 anos de idade ainda inconclusos, faleceu no IPO de Coimbra o Armista, José Augusto Raposo Quina, vitimado por doença fulminante do foro oncológico.

Era natural de Vimioso, o mais novo de 8 irmãos, e entrou para o Seminário de Cucujães em 1968, seguindo as pegadas de outros 2 que o precederam.

Após sair do Seminário de Cucujães ainda prosseguiu estudos na Escola Profissional de Izeda, Bragança, com os Padres    Salesianos, por breve período de tempo.

Emigrou para França, onde residiu e trabalhou até ao ano de 1989, ano em que se mudou para Madrid por motivos profissionais.  Foi ainda por motivos de índole de Trabalho  que  regressou  a  Portugal, tendo  fixado residência em  Oliveira  do  Bairro, distrito  de Aveiro. Atualmente residia na aldeia do Troviscal, até que súbita doença o levou para junto do Pai.

Era afável, acolhedor e sobretudo dotado de grande generosidade. Ainda participou nalguns encontros anuais e regionais da ARM,   nomeadamente em Valadares e Tomar.

As exéquias fúnebres realizaram-se em Vimioso, onde foi sepultado no dia 7 de Janeiro de 2015.

Paz à sua alma e que o Pai o tenha junto de Si.


a) José Abílio Raposo Quina

 

 

 

 

Voltar ao Cimo

 
 

JavaScript is disabled!
To display this content, you need a JavaScript capable browser.

 
 
 
 
Share